Aquarela





Boas Maneiras na Escola












A cegonha e a raposa

A cegonha e a raposa


Um dia a raposa, que era amiga da cegonha, convidou-a para jantar. Mas preparou para a amiga uma porção de comidas moles, líquidas, que ela serviu sobre uma pedra lisa.



Ora, a cegonha com seu longo bico, por mais que se esforçasse só conseguia bicar a comida, machucando seu bico e não comendo nada. A raposa insistia para que a cegonha comesse, mas ela não conseguia, e acabou indo para casa com fome.



Então a cegonha, em outra ocasião, convidou a raposa para jantar com ela.



Preparou comidas cheirosas e colocou vasos compridos e altos, onde seu bico entrava com facilidade, mas o focinho da raposa não alcançava. Foi a vez da raposa voltar para a casa desapontada.

                                                                                                                   Fábulas Ruth Rocha






1. Na sua opinião, qual frase serviria de moral para esta fábula?


a. “Não faças aos outros o que não quer que lhe façam.”


b. “Muitos padecem os bons que julgam os outros por si.”


c. "Quem muito quer nada tem.”


2. Na frase “A raposa andou fazendo pouco caso da cegonha.” Explique o sentido da expressão destacada.

Maria vai-com-as-outras

Maria vai-com-as-outras


Era uma vez uma ovelha chamada Maria. Onde as outras ovelhas iam, Maria ia também. As ovelhas iam para baixo Maria ia também. As ovelhas iam para cima, também ia Maria.
Um dia, todas as ovelhas foram para o Pólo Sul. Também foi Maria. E atchim! Maria ia sempre com as outras.
Depois todas as ovelhas foram para o deserto. Também foi Maria.
- Ai que lugar quente! Tiveram como insolação ovelhas. Maria teve insolação também. Uf! Uf! Puf!
Maria ia sempre com as outras.
Um dia, todas as ovelhas resolveram comer salada de jiló.
Maria detestava jiló. Mas, como todas as ovelhas comiam jiló, Maria comia também. Que horror!
Foi quando de repente, Maria pensou:
"Se eu não gosto de jiló, por que é que eu tenho que comer salada de jiló?"
Maria pensou, suspirou, Mas continuou fazendo o que faziam as outras.
Até que as ovelhas resolveram pular do alto do Corcovado pra dentro da Lagoa. Todas as ovelhas pularam.
Pulava uma ovelha, não caía na lagoa, caía na pedra, quebrava o pé e chorava: mé! Pulava outra ovelha, não caía na lagoa, caía na pedra e chorava: mé!
  
E assim quarenta duas ovelhas pularam, quebraram o pé, chorando mé, me, me! Chegou a vez de Maria pular. Ela deu uma requebrada, entrou num restaurante comeu, uma feijoada.
Agora, mé, Maria vai para onde caminha seu pé.
                                                                                     Sylvia Orthof
Sobre a Autora:
Sylvia Orthof nasceu em Petrópolis, Estado do Rio de Janeiro, em 1932, e faleceu em 1997. Ao longo de sua vida, publicou cerca de 120 livros para crianças, desde uma estréia, em 1981, com Mudanças no Galinheiro Mudam as Coisas por Inteiro. Recebeu o Prêmio Jabuti de Literatura Infantil pelo livro A Vaca Mimosa ea Mosca Zenilda, em 1983, eo Prêmio Ofélia Fontes, pela coleção Assim é se lhe parece, junto com Angela Carneiro e Lia Neiva, em 1995, entre outros.
 ATIVIDADES Gramaticais:
Encontre texto não:
(No primeiro parágrafo) dois verbos no Passado.
Dois artigos indefinidos
Três substantivos Próprios.
(No primeiro e segundo parágrafos) dois advérbios indicando lugar.
Um advérbio de tempo.
Um verbo na terceira pessoa do tempo passado que indique plural.
Uma oração interrogativa. Escreva-a.
Uma expressão de admiração Contido texto não.
Um numeral cardinal.
Um substantivo feminino plural não.
Substantivos comuns Cinco.
Uma qualidade para lugar.
QUESTÕES SOBRE O TEXTO:

  • O texto apresentado é narrativo ou descritivo? Explique.

  • Quem escreveu o texto?

  • Quem conta uma história?

  • Descreva as características da personagem principal e diga o que acha dela.

  • Qual sua opinião a respeito das outras ovelhas?

  • Maria ficou doente duas vezes: Quando?

  • Quando Maria tomou consciência de que imitava as outras ovelhas?

  • Em que momento houve uma mudança na atitude de Maria?

  • Como você explica texto uma última frase faz?

  • Escolha a frase mais marcante da história e copie-a.

  • Qual a frase do texto que é narrada em primeira pessoa? Copie-a.

  • Invente um outro nome também Adequado para esta história.

  • O que você pensa das pessoas que são "Maria vai-com-as-outras"?

  • Você já foi Maria vai-com-as-outras "algum dia? Quando? Por quê?

  • Qual a comida que você não gosta? Por quê?
Reescreva a história mudando título, locais, nomes, animais, alimentos ...

Fonte: http://piquiri.blogspot.com/search/label/F A1bulas% C3%

Mulher,